Ponte Preta de Nino Paraíba vence Grêmio por 3 a 0 no Majestoso

O Grêmio segue em jejum de vitórias no Campeonato Brasileiro. Nesta quarta-feira, o Tricolor visitou a Ponte Preta, no Moisés Lucarelli, pela 25ª rodada do torneio nacional, e foi derrotado pelo placar de 3 a 0, ampliando o número de jogos consecutivos sem triunfos na competição para seis. Após a partida, o técnico Roger Machado decidiu se desligar do clube gaúcho.

Com o resultado, o Grêmio despencou na tabela de classificação e ocupa momentaneamente a oitava posição do torneio, com 37 pontos. Já a Macaca disparou na competição e está provisoriamente na sexta colocação, com 38 pontos.

A partida demonstrou durante todos os 90 minutos uma superioridade da Ponte Preta. No primeiro tempo, os mandantes criaram as melhores chances e chegaram a carimbar a trave em cabeçada de Douglas Grolli, mas não foram efetivos para balançar as redes. Na segunda etapa, no entanto, a Macaca acertou a pontaria e construiu a sua vitória com um gol de Fábio Ferreira, em cabeceio no canto aos sete minutos, e de Roger, também de cabeça, aos 30. Ainda deu tempo para William Pottker marcar de pênalti, aos 48, e completar o triunfo da Ponte em Campinas.

Os dois times voltam a campo pelo Campeonato Brasileiro no próximo domingo, às 16 horas. O Grêmio recebe o Fluminense em sua Arena. Já a Ponte Preta visita a Chapecoense, na Arena Condá.

O jogo – A bola rolou e logo com um minuto de partida a Ponte Preta teve sua primeira boa chance. Clayson cruzou a bola do lado esquerdo e Marcelo Oliveira afastou o perigo. No entanto, Matheus Jesus acabou recebendo na entrada da área e bateu firme, obrigando uma boa defesa de Marcelo Grohe.

O Grêmio respondeu aos oito minutos. Bolaños cruzou para a área e encontrou Luan. O atacante cabeceou para o chão e mandou a bola muito perto, tocando na rede pelo lado de fora.

Após esta oportunidade, porém, o Tricolor Gaúcho pouco assustou. Com isso, a Macaca passou a tomar conta do jogo. Aos 25 minutos, os mandantes tiveram uma grande chance. Maycon cobrou falta colocada na entrada da área e obrigou Marcelo Grohe a se esticar para espalmar para escanteio.

Maycon foi para a cobrança do tiro de canto e cruzou na cabeça de Douglas Grolli. O zagueiro testou firme e carimbou a trave gremista, quase abrindo o placar para a Macaca.

Animada após quase marcar, a Ponte Preta seguiu na pressão. Aos 31 minutos, João Vitor lançou para a área, Kannemann afastou mal e a bola sobrou para William Pottker. O atacante recebeu de frente para o gol, mas isolou a bola, mandando muito longe.

Após cerca de cinco minutos de pressão, o ritmo da Macaca esfriou. Com isso, o Grêmio conseguiu administrar o resultado até o intervalo.

Depois de uma atuação sem muita criatividade ofensiva na primeira etapa, o Tricolor Gaúcho criou a primeira boa chance do segundo tempo. Marcelo Oliveira fez uma boa jogada, passou por quatro marcadores e bateu firme para Aranha espalmar.

No entanto, logo na sequência, a Ponte Preta conseguiu abrir o placar. Aos oito minutos, Reinaldo cruzou a bola para a área e encontro Fábio Ferreira. O zagueiro cabeceou no canto e balançou as redes para colocar a Macaca em vantagem.

Após o gol, a equipe paulista fez uma grande pressão para ampliar o placar. Aos 11, Marcelo Grohe espalmou a bola após cruzamento de Maycon e ela ficou com Clayson. O atacante aproveitou que o gol estava livre e arriscou o chute, porém, a defesa apareceu bem em cima da linha para evitar que a bola entrasse.

Na sequência, aos 13, foi a vez de Matheus Jesus receber passe na entrada da área e bater cruzado com muito perigo.

A pressão da Macaca esfriou, porém, o Grêmio seguiu sem criar chances de gol para buscar pelo menos um empate. Com isso, os donos da casa administraram o placar e ainda tiveram tempo para ampliar o marcador. Aos 30 minutos, William Pottker cruzou a bola da direita e mandou na cabeça de Roger, que só desviou e fez o segundo da Ponte.

Se já não pressionava quando estava apenas um gol atrás no placar, o Grêmio desabou após sofrer o segundo tento. Com isso, a Ponte Preta só teve o trabalho de administrar a vantagem.

Ainda deu tempo para Roger cair na área em disputa com Pedro Geromel, aos 48, e o árbitro marcar pênalti. William Pottker foi para a cobrança e balançou as redes para fechar a vitória no Moisés Lucarelli.

FICHA TÉCNICA
PONTE PRETA 3X0 GRÊMIO

Local: Estádio Moisés Lucarelli, em Campinas (SP)
Horário: 21h (de Brasília)
Data: 14 de setembro, quarta-feira
Árbitro: Jailson Macedo Freitas – BA (ESP)
Assistentes: Jose Carlos Oliveira dos Santos – BA (CBF-1) e Paulo de Tarso Bregalda Gussen – BA (CBF-2)
Público: 3.713 pagantes
Renda: R$ 69.650,00
Cartões Amarelos: Douglas Grolli e Matheus Jesus (Ponte Preta); Marcelo Oliveira (Grêmio)
Cartões Vermelhos: Nenhum

GOLS: PONTE PRETA – Fábio Ferreira, aos sete, Roger, aos 30, e William Pottker aos 48 minutos do segundo tempo

PONTE PRETA: Aranha; Nino Paraíba, Douglas Grolli, Fábio Ferreira e Reinaldo; João Vitor, Matheus Jesus e Maycon(Elton); Clayson(Felipe Azevedo), Rhayner(Roger) e William Pottker
Técnico: Eduardo Baptista

GRÊMIO: Marcelo Grohe; Edílson, Pedro Geromel, Kannemann e Marcelo Oliveira; Jailson, Walace, Pedro Rocha(Negueba), Lincoln(Guilherme) e Luan; Miller Bolaños(Batista)
Técnico: Roger Machado

 

Voltar