Jogador com mais conquistas no Ceará, João Marcos quer renovar após acesso

Pelo Ceará, João Marcos tem dois acessos à Série A do Brasileiro (2009 e 2017), cinco títulos estaduais, uma Copa dos Campeões Cearenses, uma Copa do Nordeste, um Troféu Chico Anysio e uma Copa Asa Branca. João "de Ferro" é um dos ídolos da torcida e, após a conquista de mais uma vaga na elite do Brasileiro, declarou que em entrevista exclusiva ao GloboEsporte.com pensar em permanecer para 2018.

- Foi um ano bom. Conseguimos o objetivo maior, que era subir pra Série A. Conseguimos também o estadual. Agora é curtir a família, pensar em 2018. Quero permanecer no Ceará, estamos negociando, e o Madeira (empresário do atleta) já está tratando disso. Dando tudo certo, seguirei mais um ano no Ceará - declarou.

João Marcos tem 36 anos. Já está em Porangabuçu há mais de oito anos. Viu transformações não somente em campo, mas na própria diretoria e estrutura do clube. Ele é o atleta com mais conquistas com a camisa do Vovô.

- Fiquei sabendo essa última semana que eu era o jogador com mais conquistas pelo Ceará. Marcar seu nome desse jeito em um clube do tamanho do Ceará é algo muito importante. É sempre bom você vencer e conquistar títulos, que é o que marca a carreira de um atleta. Graças a Deus consegui esse sucesso. Quero mais com esse clube - afirmou.

O Ceará encerrou 2017 com um resultado positivo por 1 a 0 contra o ABC, na Arena Castelão, com uma bela festa. Os torcedores apoiaram o time, gritaram o nome do atleta e comemoraram o feito do elenco. João Marcos comentou sobre a importância do clube na vida dele.

- O Ceará é extremamente importante para mim. São oito anos no clube que me ajudou em tudo. Tudo o que tenho eu devo ao Ceará. Agradeço a Deus por ter dado a oportunidade de jogar em um clube tão grande. Nesses oito anos, criei uma ligação enorme com o clube, me tornei torcedor e espero seguir por pelo menos mais um ano aqui por demonstrar um pouco mais desse amor. Esse carinho e com a minha família é muito bom. Já vi torcedores indo até mim chorando e agradecendo pelo que fiz. Tudo o que fiz foi de coração. A torcida saber que há um torcedor dentro de campo. Então nada mais digno do que eu me empenhar para deixar o Ceará sempre bem.

 

Voltar