Apresentado no Santos, Romário elogia Jair Ventura e evita comparações com Zeca

Romário foi apresentado no Santos, nesta quarta-feira, no CT Rei Pelé, pelo executivo de futebol Gustavo Vieira de Oliveira. O reforço do Peixe assinou contrato válido por cinco anos, com duração até 31 de dezembro de 2022.

Em sua primeira entrevista coletiva, o lateral-esquerdo, que vestirá a camisa 3, evitou comparações com Zeca, titular da posição em 2017, mas que conseguiu a rescisão contratual na Justiça. Romário elogiou a intensidade dos treinos do técnico Jair Ventura.

– Em questão do número da camisa fico feliz, mas número não quer dizer titularidade. A responsabilidade vem independentemente da numeração. Estou chegando agora e buscando meu espaço. Ainda é cedo pra dizer sobre a titularidade. Sobre substituir o Zeca, independentemente de como saiu, ele se tornou ídolo. Eu cheguei pra fazer a minha história. Que eu possa ser feliz aqui – disse Romário.

O lateral tem agradado Jair nos treinamentos. Não é à toa que ele já aparece entre os titulares nas atividades desta semana.

– Foram dias muito bons. Jair é o treinador da nova geração, estudado. São treinos pegados e intensos. Nunca treinei com tanta intensidade assim. Ele já tem mostrado sua filosofia de trabalho. São treinos em dois períodos e tem sempre sido muito pegado e intenso – revelou.

Romário disse que chegar ao Peixe é a realização de um sonho e prometeu entrega dentro de campo ao torcedor.

– Quero agradecer a oportunidade que o Santos está me dando. De realizar o meu sonho. Escolhi o Santos por estar mais próximo de casa, pela estabilidade e pelo desafio de jogar em uma equipe grande. Vou dar minha vida pelo clube que está apostando no meu futebol e pelos meus companheiros. E vou dar em campo minhas principais características: muita entrega, marcação, força física e bons passes – concluiu.

 

Voltar