Zagueiro do Botafogo-SP deixa festa pelo acesso de lado e mira título

A festa em Ribeirão Preto foi grande após a conquista da vaga na Série B do Campeonato Brasileiro pelo Botafogo-SP diante do xará da Paraíba. Após muita emoção, com o gol do Pantera sair aos 47 do segundo tempo e a decisão ser definida nos pênaltis, as comemorações tomaram as ruas da cidade ainda no domingo. Porém, agora o foco é outro. A reapresentação da equipe está marcada já para terça-feira a tarde. E o pensamento é retomar o foco para buscar o título da Série C.

“O objetivo foi conquistado. Entramos na competição querendo o acesso e conseguimos. Comemoramos bastante porque só nós sabemos a luta que foi durante toda a competição. Agora é focar no título. Vamos lutar bastante para conquistar esse troféu e dar mais uma razão para o nosso torcedor ter orgulho do Botafogo-SP”, disse o zagueiro Carlos Henrique, titular do time desde a temporada passada.


PARA COROAR O CENTENÁRIO

Revelado no próprio clube de Ribeirão Preto, o defensor falou do significado de dar mais evidência a agremiação, principalmente no ano do centenário.

“Saí da base do Botafogo-SP e essa conquista significa muito para mim. Sou grato por tudo que o clube fez por mim, me formando como atleta e cidadão. São 100 anos de história do Botafogo e não tinha ano melhor para voltarmos a Série B. Mas ainda queremos mais!


NA EMOÇÃO

Na decisão diante do Botafogo-PB, o Pantera precisava vencer por pelo menos um gol para levar a decisão para os pênaltis. E em um jogo nervoso, o gol paulista saiu apenas aos 45 do segundo tempo.

“Nossa conversa no intervalo foi de passar confiança aos companheiros e acreditar que podíamos fazer o gol. Dentro de campo um dava moral para o outro, e assim nos mantemos em cima do adversário. Temos um grupo muito unido e que contou com a força da torcida quando mais precisamos. Fizemos a melhor campanha da primeira fase, então acho que o acesso foi merecido”, completou Carlos Henrique.

Além do Botafogo-SP subiram Operário-PR, Bragantino e Cuiabá, 

 

Voltar