Ricardinho aposta em volume de jogo para neutralizar Santos

O Ceará segue pressionado para se afastar do Z-4, e tem pela frente uma sequência de jogos contra times da parte de cima da tabela. O primeiro deles é o Santos, terceiro colocado com 48 pontos. A dificuldade do adversário deve fazer com que o técnico Adílson Batista mexa no time e promova uma formação mais ofensiva e de maior valorização da posse de bola, como explica o meia Ricardinho.

- Temos que ter muita intensidade de jogo, troca de passes, movimentação, ataque em profundidade, temos de saber neutralizar e quem sabe conquistar um grande resultado mesmo jogando fora de casa. Temos essa chance e vamos fazer nosso melhor mesmo diante de um Santos muito forte.

A expectativa do duelo contra o Peixe paulista ainda é maior após o triunfo do Vovô sobre o Avaí no último domingo (13), resultado que tirou o Alvinegro cearense do Z-4 e acabou com o jejum de dez partidas sem vencer. Ricardinho afirma que a vitória trouxe alívio para o time, que agora ganha um fôlego extra na luta contra o rebaixamento.

- Foi uma vitória que estávamos precisando para interromper essa sequência negativa. Tem um peso enorme e devemos valorizar esses três pontos, como é difícil na Série A. Saímos de uma dificuldade, no final do jogo e vai nos dar mais confiança para a sequência no campeonato - finaliza o meia.

O elenco do Ceará viajou no fim da manhã desta terça-feira (15) com dois desfalques certos: Felippe Cardoso e Willian Popp. Com as baixas no ataque, o técnico Adílson Batista deve escalar o Ceará da seguinte forma: Diogo Silva; Samuel Xavier, Luiz Otávio, Valdo, João Lucas; Fabinho, Ricardinho, William Oliveira, Thiago Galhardo; Leandro Carvalho e Mateus Gonçalves.

Nesta quarta (16), às 9 horas, o Ceará realiza o último treinamento antes da partida no CT do Palmeiras. O Vovô enfrenta o Santos na quinta-feira (17), às 19h15, na Vila Belmiro, em jogo com transmissão em Tempo Real de todos os lances do GloboEsporte.com.

 

Voltar